sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

NO CORAÇÃO EUCARÍSTICO Casal rouba R$ 40 mil de banco e segurança acaba ferido

Assalto Coração Eucarístico

O assalto aconteceu na agência que fica em frente a PUC e os suspeitos chegaram com uma arma de brinquedo, mas conseguiram pegar o revólver do segurança

Uma agência da Sicoob foi assaltada no início da tarde desta sexta-feira (19) no bairro Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte. O segurança entrou em luta corporal com o suspeito e acabou ferido. Foram levados R$ 40 mil, e ninguém foi preso.
De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, um homem branco de cerca de 1.70, usando blusa listrada vermelha e branca, calça jeans e cabelo tingindo de loiro entrou no banco com uma arma de brinquedo. Ele estava acompanhado por uma mulher negra usando o cabelo liso na altura do ombro, blusa branca e calça jeans.
No entanto, a mulher, que estava atrás dele, não conseguiu passar pela porta com detector de metais porque usava uma mochila. Neste momento, ele tentou render o segurança com a réplica de arma de fogo, mas os dois começaram a brigar e um tiro foi disparado. Era da arma do segurança, que havia atingido a sua perna. 
Ainda não se saber se o tiro foi acidental e aconteceu quando o segurança tentava tirar a arma do coldre no meio da briga, ou se foi o suspeito que disparou o revólver quando conseguiu tomá-lo do vigia.
Mas com a arma real em mãos, o suspeito mandou os funcionários liberarem a porta para a mulher e, juntos, eles recolheram R$ 40 mil em dinheiro no local. 
O homem reagiu e suspeito e vítima entraram em luta corporal. O suspeito conseguiu pegar a arma do segurança e atirou na coxa dele. A vítima foi socorrida pela SAMU e os suspeitos fugiram, levando cerca de R$ 40 mil. 
Depois do crime, os dois fugiram a pé e não foram mais localizados. A polícia acredita na fuga eles se encontraram com outro comparsa que estaria dando cobertura.
Segundo o tenente André Luiz Rocha, do 34° Batalhão da PM, o suspeito esteve na agência meia hora antes do crime supostamente para abrir uma conta, mas possivelmente, estava fazendo o reconhecimento do local.  
O gerente da agência disse que ela funciona há três anos naquele local, e que nunca havia sido assaltada. 
O segurança foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII sem risco de morte. A agência ficará fechada o resto do dia. 
O Tempo

Dez pessoas são presas durante operação de combate à criminalidade no Vale do Mucuri

Pelo menos dez pessoas foram presas, nesta sexta-feira (17), durante operação de combate à criminalidade no município de Malacacheta, no V...